🤱 Como amamentar corretamente

Como Amamentar Corretamente: guia com 15 dúvidas esclarecidas

Saber como amamentar corretamente é muito importante nos primeiros meses de vida de um bebê. Infelizmente ainda há muita desinformação e dúvidas acerca de como amamentar, o tempo de amamentação de recém nascido, a maneira correta de amamentar, o que comer quando está amamentando etc., o que leva muitas mães de primeira viagem a desistir da experiência antes do esperado.

Como amamentar corretamente um recém-nascido é algo que ninguém nasce sabendo, estamos aqui para esclarecer todas as dúvidas que você possa ter para que possa aproveitar esses momentos da melhor forma possível:

1. Quais são as maiores vantagens da amamentação?

Sempre ouvimos que a amamentação do bebê é muito importante, mas nem sempre nos damos ao trabalho de entender o motivo de tamanha importância. Apenas para citar alguns benefícios:
  • A amamentação facilita a digestão. Recém-nascidos não têm o sistema digestório bem desenvolvido e, portanto, qualquer outro alimento pode causar constipações e dores;
  • O leite materno deixa o bebê hidratado. Isso mesmo: antes dos seis meses de vida não precisa complementar com água, mesmo nos dias mais quentes;
  • O aleitamento promove o fortalecimento do sistema imunológico do bebê, pois os anticorpos da mamãe são passados para ele durante esse ato de amor;
  • Quando o bebê tem amamentação exclusiva até os seis meses, seus mecanismos de deglutição e mastigação são beneficiados pelos movimentos de sucção dos seios;
  • Vantagem da amamentação para as mamães: emagrece! Sabe aqueles quilinhos que você ganhou durante a gravidez? Alimente-se corretamente e amamente em livre demanda que, quando menos esperar, eles terão sumido.
E claro que além de todos esses benefícios, o vínculo entre mãe e filho é fortalecido durante a amamentação!

 2. Como saber que meu bebê precisa ser amamentado?

Para saber quando o bebê está com fome é importante observar o comportamento dele. A maioria dos bebês fica irritadiça e chora alto quando quer mamar, mas alguns são mais quietinhos e apresentam outros sinais como: tentar abocanhar objetos que ficam perto de sua boca, procurar o peito e chupar os dedinhos.
Se ele estiver muito irritado, será necessário acalmá-lo antes de tentar amamentar, caso contrário ele não pegará o seio corretamente.

3. Como fazer para que meu bebê tenha a pega correta do seio na hora de mamar?

O passo mais importante na hora de por em prática os ensinamentos de como amamentar é conseguir que o bebê tenha uma pega correta do seio, caso contrário esse momento será doloroso, dificultado e até mesmo impedido.
Para que o bebê tenha uma pega correta do seio você deve:
  • Encostar o mamilo no nariz ou no lábio superior do bebê. Assim, ele abrirá bem a boca para tentar abocanhá-lo;
  • Quando ele estiver com a boca bem aberta, mova o bebê até o mamilo, de forma que toda ou boa parte da aréola fique dentro da boca;
  •  Observar se o nariz do bebê está livre e se o lábio inferior está virado para fora.
Nos primeiros dias é normal que a pega tenha que ser arrumada várias vezes, então não se preocupe!
Se você notar que o bebê não está mamando bem ou se seu mamilo estiver dolorido, basta inserir o seu dedo mínimo na boquinha do pequeno e ele soltará o peito. Depois, é só arrumá-lo na posição correta.

4. Qual é a melhor posição para amamentar recém nascido?

Embora muitas pessoas queiram ensinar a maneira correta de amamentar, a verdade é que a melhor posição para amamentar recém nascido é aquela em que a mamãe está confortável e o bebê está seguro e bem acomodado, com a pega correta para não ferir os mamilos e para aumentar a disponibilidade de leite. Confira agora 4 dicas de posições de como amamentar corretamente:
  1. A tradicional: sentada em uma posição ereta e em local confortável, basta posicionar o bebê deitado próximo ao seio que será oferecido. O grande problema dessa posição é que os braços da mamãe ficam cansados e doloridos, portanto considere adquirir uma cadeira de amamentação ou ao menos uma almofada própria para isso. Assim, seus braços terão apoio e não cansarão tão facilmente.
  2. Deitada de lado: essa é ótima para as mamadas noturnas! Vire-se de forma que o seio a ser ofertado fique próximo da boquinha do bebê e posicione-o confortavelmente. Atenção: embora muitas mães costumem dormir durante essa prática, é importante que haja uma pessoa supervisionando para evitar engasgos e sufocamentos.
  3. Com o bebê em posição de “cavalinho”: essa é uma variação da posição de amamentação tradicional, no entanto não é indicada para bebês muito novinhos, pois eles ainda não são bem firmes. Em vez de colocar o bebê deitado no colo, coloque-o com as perninhas abertas sobre uma de suas pernas e, então, posicione sua boca no mamilo.
  4. Usando o sling: a maneira correta de amamentar usando o sling é retirar uma das alças do ombro, manter o bebê na posição vertical e posicioná-lo em direção ao seio. Usando o sling o bebê pode ser amamentado enquanto a mãe fica com os braços livres.

5. Período de amamentação – Qual é a indicação de tempo dentro da maneira correta de amamentar?

A amamentação do bebê é essencial em seus primeiros seis meses de vida. Durante esse período, o leite materno deve ser o único alimento do bebê e deve ser oferecido em livre demanda, ou seja, sempre que ele demonstrar sentir fome ou sede.
Como o estômago dos recém-nascidos é muito pequenino, eles não conseguem mamar muito de uma só vez. Essa pequena quantidade acaba sendo digerida muito rápido, o que faz com que o bebê queira mamar em intervalos curtos e regulares. Isso é completamente normal e não há nada com o que se preocupar caso o bebê esteja ganhando peso. Sabemos que é cansativo acordar de madrugada para amamentar, mas lembre-se de que esse é um período que logo passará e, acredite: você sentirá saudades!

6. Quanto tempo deve durar cada mamada?

O tempo de cada mamada varia de acordo com a idade do pequeno, mas não há como dizer exatamente o tempo que cada uma deve durar. Cada bebê é único e você precisa observar os sinais que o corpinho dele manda:
Amamentação recém nascido: durante o primeiro mês de vida, é interessante que os dois seios sejam oferecidos a cada mamada de forma a aumentar a porção de leite rico em gordura que será ingerida por ele.
Você iniciará oferecendo um e quando sentir que o bebê começa a ficar “mole”, relaxado, significa que o leite do final da mamada, rico em gordura, foi ingerido. Agora você pode oferecer o outro, pois nesse momento ele também estará fornecendo leite rico em nutrientes e não apenas o leite inicial, rico em água.
Outra forma de verificar se o bebê mamou o suficiente é pressionar o mamilo para ver se ainda está saindo muito leite. Se estiver saindo apenas umas gotas, significa que o bebê foi bem alimentado.

7. Sutiã de amamentação é necessário?

É sim. De qualquer forma você precisará comprar sutiãs novos, pois com a chegada do bebê é comum que os seios cresçam cerca de dois números, então eles não caberão naqueles que você usava antes ou durante a gravidez. Além disso, os sutiãs de amamentação são muito práticos, confortáveis e oferecem um suporte melhor.
amamenta;áo passo a passo

8. Como escolher o melhor sutiã de amamentação?

Há algumas coisas básicas que você deve observar ao comprar sutiã de amamentação:
  • A largura das alças e das laterais: as alças e laterais devem ser firmes e largas para oferecer um bom suporte e evitar desconforto;
  • O tecido e os detalhes: deve ser um tecido leve e macio e ter o mínimo possível de detalhes e penduricalhos, para que não fiquem te incomodando;
  • Os fechos: os melhores modelos apresentam um fecho perto das alças. Assim, você pode abrir com apenas uma mão e manter os mamilos à mostra enquanto o seio recebe o suporte da porção inferior do sutiã.
Além dessas observações básicas ao adquirir seus sutiãs de amamentação, lembre-se de ter no mínimo três, pois é comum que o leite vaze. Dessa forma, você terá pelo menos mais um limpinho e pronto para a substituição.

9. Devo acordar o bebê a noite para amamentar?

Quando é recém-nascido, geralmente recomenda-se que seja acordado de 3 em 3 horas para mamar, em especial quando o ganho de peso não está bom.
No entanto, quando se fala de bebês maiores, que já iniciaram sua introdução alimentar, a maioria dos profissionais sugere que o bebê não seja acordado durante a noite para mamar, pois isso gera uma rotina e com o tempo o pimpolho começará a acordar sozinho, mesmo que esteja sem fome, por simples hábito.
O sono é um fator fundamental no bom desenvolvimento das crianças, portanto o melhor a se fazer é deixar que durmam pelo tempo necessário. Não se preocupe: se estiver com fome, ele certamente dará um jeito de te avisar – geralmente acordando a vizinhança toda às 4 da manhã!

10. Devo colocar o bebê para arrotar depois da amamentação?

Embora algumas mães não façam isso, ao menos nas primeiras semanas é essencial que o bebê seja colocado para arrotar, pois como a pega ainda não está bem ajustada ele engolirá mais ar do que o normal. Quando não arrota, ele pode ficar com dores de barriga e/ou acabar vomitando.

11. 5 dicas de o que comer quando está amamentando

 
  1. A coisa mais importante que você deve saber ao analisar o que comer quando está amamentando é que determinados alimentos podem ser prejudiciais e causar problemas digestórios e dores ao lactente. Isso varia muito de bebê pra bebê, portanto você sempre deve observar alterações que ocorram quando você consome um alimento específico;
  2. Coma muitas frutas durante o período de amamentação e não se esqueça de variar. Assim, seu bebê receberá os nutrientes necessários para um excelente desenvolvimento;
  3. Consuma legumes e verduras no almoço e no jantar. Você pode prepara-los na forma de salada ou refogados com um fio de azeite. Prefira temperos naturais, como cebola e alho;
  4. Evite alimentos gordurosos, como pizzas, congelados, embutidos e doces em excesso, pois além de não ter um bom valor nutricional, esses alimentos podem desencadear ou piorar quadros de cólica no bebê;
  5. Adicione peixe assado em pelo menos duas de suas refeições semanais, pois assim estará garantindo que seu leite terá proteínas e gorduras de qualidade. O ômega-3 presente nos peixes melhora o desenvolvimento cognitivo do bebê.

12. 5 coisas que você não deve beber quando está amamentando

Chá mate, chá preto, refrigerantes e café: a presença de cafeína nesses líquidos faz com que o bebê fique agitado e até mesmo tenha insônia. Se for “impossível” ficar sem, opte por beber uma quantidade pequena logo após a mamada;
Bebidas alcoólicas: acredito que no pré-natal todas as informações sobre malefícios causados pelo consumo de álcool na gestação e amamentação foram repassados a você, mas é sempre bom relembrar. Um bebê não possui a capacidade de eliminar essa substância tóxica do organismo e, assim, ao ingeri-la por meio do leite materno pode ter seus rins e fígado comprometidos. Uma pequena dose esporadicamente pode ser liberada pelo médico, mas sempre com bom senso.

13. Posso tomar remédios enquanto estou amamentando?

Depende do remédio. Alguns são secretados no leite e podem prejudicar o desenvolvimento do bebê, portanto um médico deve ser consultado antes de ingerir qualquer remédio diferente daqueles que já foram previamente liberados.

14. Como aumentar a produção de leite materno?

  • Beba muita água: boa parte do leite materno é composta por água. Como amamentar dá muita sede, acredito que esse não será um grande problema, mas certifique-se de ingerir muitos alimentos ricos em água (frutas, legumes e verduras) e pelo menos 2 litros de líquidos por dia;
  • Amamente em livre demanda: a produção de leite materno acontece através dos estímulos que o bebê proporciona aos seios. Assim, quanto mais você amamenta-lo, mais leite será produzido;
  • Ofereça os dois seios em cada mamada: quando sentir que o primeiro seio está ficando vazio, é hora de colocar o bebê no outro. Se você oferece sempre o mesmo seio, o outro terá a sua produção de leite prejudicada, portanto ofereça sempre os dois, intercalando-os no início de cada mamada.

15. O que fazer se meus mamilos ficarem machucados e/ou doloridos durante a amamentação?

  • Passe algumas gotas do seu próprio leite em torno do mamilo machucado;
  • Retire o leite com bombinha e ofereça em mamadeira enquanto eles não cicatrizam;
  • Lave-os apenas com água morna, sem sabão, e apenas uma vez ao dia;
  • Use roupas largas e sutiãs firmes, que não fiquem roçando nos mamilos;
  • Em casos mais graves, pomadas cicatrizantes podem ser utilizadas. Elas devem ser aplicadas após todas as mamadas.

Agora que você já sabe tudo sobre como amamentar corretamente, é só curtir esses momentos com o seu pequeno. Se ainda tiver alguma dúvida, não deixe de comentar aqui embaixo que responderemos o mais rápido possível!

Se você é mãe de primeira viagem e quer saber mais sobre como amamentar corretamente clique na imagem abaixo e conheça o Amamentação – Phitters

Junto com o bebê, chegam as dúvidas infinitas sobre a amamentação. Leite materno ou fórmula? Quanto leite? Qual intervalo de tempo? Como fazer “a pega” correta? E depois, como desmamar? Fique tranquila, você não está sozinha! Trabalharemos juntos para que você tenha toda a segurança que precisa!

 

Acreditamos que os pais são os pilares da sociedade, os responsáveis por auxiliar no desenvolvimento das crianças. Por isso, existimos para apoiá-los e orientá-los a guiarem desenvolverem seus pequenos. Para isso, realizamos a curadoria de conteúdo e a aproximação de profissionais experientes às famílias que necessitam de apoio e orientação.

Contato: [email protected]